jusbrasil.com.br
20 de Outubro de 2017
    Adicione tópicos

    Documentário sobre vítimas do uso do amianto é exibido em Curitiba

    Superintendência Regional do Trabalho manifestou apoio à causa do combate ao uso do mineral cancerígeno

    Ministério do Trabalho e Emprego
    há 2 meses

    O documentário “Não respire, contém amianto”, que retrata a história de trabalhadores contaminados pelo amianto, mineral reconhecidamente cancerígeno, foi exibido nesta terça-feira (8), no auditório do Ministério Público do Trabalho no Paraná (MPT-PR), em Curitiba, com a presença de aproximadamente 80 expectadores.

    Produzido e editado com verbas doadas pelo Ministério Público do Trabalho em Santa Catarina (MPT-SC), provenientes de ações da Procuradoria do Trabalho em Criciúma, o filme recebeu recentemente o prêmio do público para Melhor Longa-Metragem da Competição Latino-Americana no Festival EcoFalante.

    Dirigido por Carlos Juliano Barros (Caju), o documentário desmente o discurso das empresas que ainda utilizam o material em seus produtos, alegando haver possibilidade de seu uso seguro e controlado.

    O superintendente regional do Trabalho do Paraná, Paulo Kroneis, manifestou apoio à causa. Após a exibição do filme, membros da equipe que fez o documentário e especialistas no tema debateram os efeitos do amianto na vida dos trabalhadores brasileiros.


    Ministério do Trabalho
    Assessoria de Imprensa
    imprensa@mte.gov.br
    (61) 2021-5449



    Supervisão ASCOM
    Jorn. Eliana Camejo
    eliana.camejo@mte.gov.br
    (61) 99213-1667

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)